Endereço

Av. Mato Grosso, 1157 E salas 101/2, Cidade Nova, Lucas do Rio Verde/MT

Mitos e Verdades sobre Abrir Empresa

Mitos e verdades sobre abrir uma empresa

Abrir uma empresa não é uma decisão simples. São vários os aspectos que precisam ser pensados, desde a viabilidade financeira, contexto do mercado na área de atuação do negócio, montagem de estrutura etc. Portanto, o planejamento é necessário.

Para ajudar na construção de um plano para abrir a empresa, é importante colocar no papel e analisar prós e contras. O problema é que, muitas vezes, alguns detalhes são difíceis de mensurar. Inclusive, porque as pessoas acabam tendo dúvidas sobre o que é verdade ou o que não é quando ouvimos outros empreendedores falarem sobre suas experiências.

Por isso, neste conteúdo reunimos alguns mitos e verdades sobre abrir uma empresa. Apresentaremos alguns dos pontos mais comentados por quem sonha em começar seu negócio, mas acaba caindo em sensos comuns ou ideias que não correspondem.

Verdades sobre abrir uma empresa

Vamos começar com as verdades. Uma questão que afasta potenciais empreendedores é a ideia de que a burocracia no Brasil é muito grande, o que atrapalha a montagem da empresa. Isso realmente acontece.

São muitos os parâmetros e permissões que precisam ser cumpridos, legalização do negócio, documentação, alvará de funcionamento em determinados casos etc. A comparação do tempo necessário para abrir uma empresa no Brasil, em comparação com países estrangeiros, realmente joga contra quem sonha em ter sua empresa.

Outro ponto muito verdadeiro é a necessidade de criação de um plano de negócios. Tudo precisa, realmente, ser pensado. Abrir um negócio não é, em nenhum momento, algo intuitivo. A ideia inicial, o estalo, pode até ter este fator. Mas na hora de colocar em prática, é necessário muitos cuidados e planos bem feitos. Quem fala isso não está querendo desestimular a ideia, apenas fazer com que ela seja mais factível e sólida.

Existem também verdades, mas que podem contar com algumas flexibilizações. Por exemplo: a importância de investir em um negócio enquanto é jovem, em início de carreira. De fato, costuma ser mais recomendável. Menos responsabilidade com família, menos vícios do meio de atuação, uma mente mais aberta a novidades. Tudo isso acontece.

Por outro lado, não dá para cravar que haja, obrigatoriamente, um limite de idade para abrir uma empresa, isso depende da pessoa. Mas é verdade que os jovens tendem a ter uma visão mais criativa e um contexto pessoal mais favorável.

Mitos

Agora, os mitos. Talvez o primeiro e mais importante aspecto a se negar é a ideia de que, para ser empreendedor, é preciso ter muito dinheiro para investir. Nem sempre é assim. Primeiro, porque dependendo do negócio é possível iniciar sem gastos tão exorbitantes.

Além disso, muitas vezes é possível encontrar sócios e investidores interessados. Dizer que é preciso ser rico apenas desestimula e, no fim, é um mito.

Outro ponto que não se sustenta é dizer que necessariamente a ideia de um negócio precisa ser inteiramente nova, diferente de tudo que o mercado apresenta. Não é bem assim. Claro que entregar um produto exatamente igual a outro já existente e consolidado tende a ser ruim.

Mas é possível adaptar ideias, buscar coisas semelhantes, mas para outro público-alvo. Não é preciso inventar algo 100% novo. É preciso entregar uma solução eficiente, que faça outros se interessarem.

Estes são, portanto, alguns dos mitos e das verdades sobre abrir uma empresa. Conhecendo-os, fica mais fácil ter uma noção sobre a sua situação, percebendo se há mais prós ou contras em investir, além de evitar que mentiras desestimulem alguém no sonho de ter o próprio negócio.